sábado, 9 de janeiro de 2016

Alemanha vai reconsiderar asilo a refugiados após ataques a mulheres

O governo alemão vai reconsiderar o acolhimento de refugiados depois que centenas de mulheres foram atacadas em pelo menos cinco cidades, na véspera do ano novo, por multidões de desregrados.
Segundo o Los Angeles Times, a Alemanha recebeu mais que 1 milhão de refugiados sírios.
Na sexta-feira, cerca de 300 mulheres em Colônia, Hamburgo, Stuttgart, Dusseldorf e Frankfurt tinha apresentado queixas à polícia dizendo que os refugiados estavam tateando, molestando ou roubando nos festejos de fim de ano.
Um porta-voz do Ministério do Interior em Berlim disse que as autoridades interrogaram 31 homens, dos quais 18 refugiados registrados que solicitaram asilo. 
Dois foram presos em Colônia, onde 170 queixas foram arquivadas, de acordo com relatos da mídia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário