sábado, 23 de janeiro de 2016

Casos de HIV positivos alcançam recorde de mais de um milhão na Rússia

A Russia tem hoje mais de um milhão de pessoas HIV-positivas, atingindo taxas de infecção mais altas na história do país.
Segundo Vadim Pokrovsky, chefe do centro de Aids do Estado russo, e um crítico das políticas de saúde conservadoras do Kremlin, disse à Reuters que pelo menos 1 milhão e, possivelmente, até 1,5 milhão de russos estão agora HIV-positivo.
Isto significa mais de 1 por cento dos 144 milhões de habitantes da Rússia, positivos para o vírus, o que põe o país com mais casos de HIV por pessoa do que qualquer outro europeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário