terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Vendas de armas de fogo disparam nos Estados Unidos

O mês de dezembro passado foi o período de 2015 que mais se vendeu armas nos Estados Unidos.
Em uma década as vendas mais do que dobraram, passando de 7 milhões em 2002 para 15 milhões em 2013.
Segundo o New York Times, ouvindo especialistas, mais de armas de fogo são vendidas a residentes nos Estados Unidos do que em qualquer outro país, principalmente revólveres.
E as mulheres agora fazem parte do universo de compradores.
O aumento é devido, principalmente, ao medo de restrições à compra de armas, proposta defendida pelo presidente Barack Obama.
Nesta terça-feira, 05 de janeiro de 2016, Obama foi de novo à Tv, em cadeia nacional, pedir pelo controle de armas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário