sábado, 6 de fevereiro de 2016

A evolução do número de casos de Zika vírus no Brasil é absurda

A Organização Mundial de Saúde - OMS liberou nesta sexta-feira, 05, seu primeiro relatório sobre a incidência de casos de Zika em todo o mundo.
A partir de 2007 a 5 de Fevereiro de 2016, a transmissão viral Zika foi documentada em um total de 44 países e territórios. 
Em 2015 e 2016, a distribuição geográfica do vírus Zika tem vindo a aumentar de forma constante. 

Evolução no Brasil
Segundo o relatório, no final de 2014 o Brasil detectou um grupo de doença exantemática febril relacionada ao vírus Zika na região Nordeste. 
A correlação ao vírus Zika foi confirmada em abril de 2015. 
Em outubro de 2015, menos de uma ano depois, um único estado no nordeste do Brasil (Bahia) relatou 56.318 casos suspeitos de doença. 
Devido à magnitude do surto, o Brasil deixou de contar os casos de Zika vírus. Autoridades brasileiras estimam que entre 497.593 e 1.482.701 de casos ocorreram desde que o surto começou.
Números absurdos diante de tão pouco tempo de diagnóstico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário