sábado, 13 de fevereiro de 2016

Aeronáutica esclarece sobre fechamento de Aeródromos


No dia 19 de Janeiro de 2016, Portaria da Gerência de Controle e Fiscalização da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) determinou o fechamento do Aeroporto Dix-sept Rosado de Mossoró. 
Hoje, 13 de fevereiro de 2016, o Comando da Aeronáutica (COMAER) informa que, por meio da Portaria 957/GC3, de 15 de outubro de 2015, e do Edital DECEA nº 7, de 30 de dezembro de 2015, notificou e estabeleceu prazo para que 764 aeródromos inscritos no cadastro da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) elaborassem e apresentassem os seus respectivos Planos Básicos de Zona de Proteção de Aeródromo (PBZPA).
Segundo a Aeronáutica, esses Planos são exigências internacionais que funcionam como limitadores às implantações no entorno dos aeródromos e são constituídos por levantamentos topográficos, onde são identificados o tipo e a altura dos obstáculos, como prédios e antenas, que podem ser construídos sem prejuízo para a operação dos voos, visual ou por instrumentos.
Do total dos aeródromos notificados, 692 não apresentaram o Plano mencionado no prazo de 120 dias estabelecidos pela Portaria e estarão com suas operações temporariamente suspensas a partir de 13 de fevereiro de 2016.
O objetivo dessa determinação é garantir a segurança e a regularidade das operações aéreas, bem como incentivar administradores aeroportuários a tomarem as providências cabíveis. O processo de regularização se dará pela apresentação do PBZPA conforme a legislação ou por meio da confecção de Termo de Ajuste de Conduta, que deverá ser elaborado de maneira conjunta com o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).
A nota é assinada pelo Coronel Aviador Ary Soares Mesquita - Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário