quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Brasil será o 10º maior quotista do FMI

​O Banco Central do Brasil informou que a partir da integralização do aumento de sua quota no Fundo Monetário Internacional (FMI), realizada na semana passada, o Brasil subirá 4 posições e passará a ser o 10º maior quotista do Fundo. 
Ao final do processo de integralização de quotas por partes dos países membros, a ser concluído nas próximas semanas, a participação no total das quotas do Brasil no organismo subirá de 1,78% para 2,32%. 
O resultado líquido do aumento de cotas não afeta o nível das reservas internacionais do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário