sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Fiocruz confirma presença de Zika vírus em urina e saliva de dois pacientes

Os pesquisadores do Instituto Osvaldo Cruz - Fiocruz Wilson Savino, Paulo Gadelha e Myrna Cristina Bonaldo, confirmaram em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, 05, que o Zika vírus foi detectado em amostras de saliva e urina de dois pacientes com sintomas.
Segundo eles a detecção, no entanto, não significa que a infecção por esses fluidos esteja comprovada.
Ainda há muitas dúvidas sobre o poder de virulência e infectabilidade do vírus. Para se ter uma dimensão de como as descobertas ainda são tímidas, a pesquisadora Myrna Bonaldo quando perguntada sobre isso, disse: "só sei que nada sei", acrescentando que mais trabalhos conjuntos com outros países serão necessários para determinar a capacidade de infecção do vírus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário