quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Operação Alcateia atinge organização criminosa que atua em presídios

O Ministério Público do Rio Grande do Norte vai detalhar ainda hoje (04) a operação Alcateia que desarticulou perigosa organização criminosa que atua dentro e fora dos presídios potiguares.

A operação que envolveu a polícias Militar (PM) e Rodoviária Federal (PRF), efetuou  39 mandados de prisão e 20 de busca e apreensão, expedidos por juízes das Varas Criminais das Comarcas de Apodi, Caicó e São Gonçalo do Amarante. Além disso, nove promotores de Justiça e 120 policiais estiveram envolvidos nos trabalhos. 

Ao longo da investigação foram identificados líderes e braços operacionais dessa facção, que são investigados por crimes de organização criminosa, homicídios, roubos, tráfico ilícito de entorpecentes, dentre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário