segunda-feira, 28 de março de 2016

Cuba "não tem nenhuma necessidade de presentes do império", diz Fidel Castro

O lendário ex-presidente cubano Fidel Castro, 89, sinalizou que continua resistente à reaproximação entre Washington e Havana.
Em um artigo de opinião publicado nesta segunda-feira, 28, disse ele que seu país "não tem necessidade de presentes" dos Estados Unidos.
Castro ficou fora dos holofotes durante a histórica visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, à ilha.
Em seu primeiro comentário, intitulado "El Hermano Obama" - "Irmão Obama", Castro ironiza: "Se supõe que cada um de nós corria o risco de um enfarto ao escutar essas palavras do presidente dos Estados Unidos".
Desde que entregou a presidência a seu irmão mais novo, Fidel Castro tem gasto seu tempo escrevendo reflexões que surgem ocasionalmente na imprensa oficial cubana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário