sexta-feira, 25 de março de 2016

Embaixada nega pedido de asilo político de Lula à Itália. "é pura fantasia"

Segundo o jornal Corriere della Sera a embaixada italiana em Brasília negou, através de nota, a existência de um plano onde o ex-presidente Lula teria decidido deixar o Brasil e buscar asilo em um país estrangeiro.
Por medo de ser preso, segundo a Veja, Lula tencionava pedir ajuda e refúgio para a Itália. Uma vez concedido, ele tentaria algum tipo de condução segura pelo Congresso para deixar a embaixada e chegar ao aeroporto sem ser preso. A escolha recairia sobre a Itália como o país de origem de sua esposa Marisa Letícia. Ela já tem passaporte italiano e transmitiu cidadania aos filhos, pouco antes de Lula assumir a presidência em 2003.
Na matéria de capa do semanário existe uma alegada conversa entre o advogado de Lula e um diplomata italiano.

A embaixada nega 
De acordo com a Embaixada da Itália em Brasília, a reportagem "é pura fantasia". 
"Informações falsas", as conversas com o embaixador Raffaele Trombetta. 
A embaixada ainda diz que não se pode comentar sobre fatos que foram e são totalmente inexistente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário