terça-feira, 1 de março de 2016

Ministério da Saúde suspende repasse a 19 municípios potiguares por irregularidades no SCNES e SIA/SUS

Mesmo diante de tanta crise por que passa a Saúde Pública com a escassez de recursos, ainda existem gestores que negligenciam com as informações básicas obrigatórias e, por isso, a população é quem sofre.
No RN, 19 municípios tiveram suspensas as transferências de recursos financeiros, do componente de Vigilância Sanitária, por irregulares quanto ao cadastro dos serviços e quanto à informação da produção da Vigilância Sanitária no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS).
São eles: Campo Grande, Bento Fernandes, Goianinha, Governador Dix-Sept-Rosado, João Dias, Jundiá, Lagoa Salgada, Marcelino Vieira, Olho D’água do Borges, Pedra Grande, Rio do Fogo, São Bento do Norte, Serra do Mel, Severiano Melo, Sítio Novo, Taboleiro Grande, Tangará, Tenente Laurentino Cruz e Várzea.
A relação dos negligentes foi publicada no Diário Oficial da União, na última sexta-feira (26 de fevereiro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário