quarta-feira, 30 de março de 2016

Pílula do câncer pode ser liberada como suplemento alimentar

O ministro da Ciência e Tecnologia, Celso Pansera, disse nesta quarta-feira, 30, que irá sugerir ao Congresso e à Anvisa que permitam que os pacientes com câncer usem a  fosfoetanolamina, conhecida como pílula do câncer, como suplemento alimentar.
Comissões do Senado e da Câmara dos Deputados já aprovaram pareceres que permite o uso do medicamento antes do registro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Enquanto os testes clínicos para liberar a droga como medicamento se arrastam, os pacientes pedem pressa, o tempo é exíguo para muitos deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário