sábado, 26 de março de 2016

STF desarquiva ações contra ministros de FHC

O Supremo Tribunal Federal desarquivou, a pedido do Ministério Público Federal, duas ações de reparação de danos por improbidade administrativa contra os ex-ministros Pedro Malan (Fazenda), José Serra (Planejamento) e Pedro Parente (Casa Civil), todos do governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).
As ações criminalizavam a ajuda financeira feita aos bancos Bamerindus e Econômico.
O arquivamento havia sido determinado em 2008 pelo ministro Gilmar Mendes.ssine o Estadão All Digital + Impresso todos os diasEstadao no TwitterO Su

Nenhum comentário:

Postar um comentário