sexta-feira, 29 de abril de 2016

Dilma evita pronunciamento no 1º de maio

Pelo segundo ano consecutivo, a presidente Dilma Rousseff deve evitar o tradicional pronunciamento em cadeia de rádio e televisão no dia do Trabalho, 1° de maio.
Ela teme manifestações populares como panelaço e buzinaços.
O ex-presidente Lula tenta convencer a correligionária a ir até o Vale do Anhangabaú, na capital paulista, para uma mobilização com a presença de sindicatos e movimentos sociais que apoiam o governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário