terça-feira, 26 de abril de 2016

Passageiro x Anac

Vamos comprar essa briga consumidor...????
Como se não bastasse a telefonia, a aviação também está ao deus-dará. 
Ontem, por exemplo, um bate-volta de Brasília para Congonhas não saía por menos de três mil reais, mesmo se a passagem fosse comprada há uma semana. Em cada perna morria um barão e meio, no mínimo. 
Era, pois, a tarifa mais cara, a significar que os voos estavam lotados. 
E os voos aparentemente foram ficando cheios mesmo, pois alguns nem tinham mais assentos à venda. Mas ao embarcar, o passageiro tinha uma surpresa : os aviões estavam apenas com meia lotação. 
Todos os voos decolaram bem abaixo da capacidade. Ou seja, ao que parece as companhias estão cobrando do passageiro, além da poltrona onde ele acomoda suas partes globosas localizadas na porção inferior do dorso, também conhecidas como nádegas, o assento ocioso ao lado. 
E viaje, migalheiro, tranquilo com uma Anac destas.
Fonte:Migalhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário