terça-feira, 14 de junho de 2016

Deputada Tia Eron fala frases de efeito, mas não declara voto no Conselho de Ética

A deputada Tia Eron (PRB-BA), cujo esperado voto pode ser decisivo para dar continuidade ao pedido de cassação do deputado Eduardo Cunha, fez um discurso contundente agora há pouco na sessão do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.
Usando frases de efeito, como: "Chamaram Tia Eron para resolver o problema que os homens aqui não conseguiram", ou "ninguém manda nessa nêga", a deputada disse que não foi abduzida e que estranhou não ter seu nome citado por colegas como na semana passada, quando muitos a acusaram de ter "sumido" das sessões anteriores do conselho.
Mas, Eron não antecipou seu voto. Disse apenas que votará "com a sua consciência".

Nenhum comentário:

Postar um comentário