quarta-feira, 22 de junho de 2016

Empresário foragido da Operação Turbulência morre em motel de Olinda

Foi encontrado morto na noite desta quarta-feira (22) em um motel em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, o empresário Paulo Cesar de Barros Morato acusado de ser um dos líderes do esquema de lavagem de dinheiro que abastecia a campanha do ex-governador Eduardo Campos (PSB).
Morato estava foragido da Operação Turbulência, ação policial que prendeu nessa terça (21) outros quatro indicados como líderes da organização criminosa.
A investigação do caso está sob a responsabilidade da Polícia Civil, mas pode passar para a Polícia Federal se constatada alguma relação com a Operação Turbulência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário