domingo, 12 de junho de 2016

Estado Islâmico assume autoria do ataque em boate gay de Orlando

O grupo terrorista Estado Islâmico-EI assumiu a autoria do massacre deste domingo, 12, em uma boate gay de Orlando, Flórida, que deixou 50 pessoas mortas e outras 53 feridas, no que foi classificado como o mais mortal ataque desde o 11 de setembro.
Segundo informações do EI em redes sociais, o atentado foi "executado por um soldado do Estado Islâmico”. 
O suposto autor do massacre, Omar Mateen, um americano de 29 anos, ligou para o número de emergência 911, antes de começar o ataque ao clube, e proclamou sua afiliação ao ISIS. 
A chamada foi gravada e está sendo analisada pelos agentes que tocam a investigação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário