segunda-feira, 6 de junho de 2016

Inferno astral

O ministro do Turismo, Henrique Alves volta ao noticiário nacional pela voz do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. 
Ele afirmou ao STF (Supremo Tribunal Federal) que o ministro atuou para obter recursos desviados da Petrobras em troca de favores para a empreiteira OAS.
Na prestação de contas da campanha de Alves, há o registro do recebimento de R$ 650 mil da OAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário