terça-feira, 21 de junho de 2016

MPF em Pernambuco questiona cachê de R$ 575 mil a Wesley Safadão

O Ministério Público Federal (MPF) em Caruaru (PE) instaurou, nesta terça-feira (21), procedimento – chamado de notícia de fato – para investigar possíveis irregularidades na contratação de shows pela Prefeitura de Caruaru para as festividades de São João no município.
A investigação considerou notícias publicadas em jornais apontando que os shows de Wesley Safadão, tem preços diferentes em duas cidades, na mesma época. 
R$ 575 mil em Caruaru e R$ 195 mil em Campina Grande. 
Da mesma forma, a banda Aviões do Forró cobrou, na cidade pernambucana e na paraibana, R$ 250 mil e R$ 195 mil, enquanto Elba Ramalho cobrou R$ 190 mil para a apresentação em Caruaru e R$ 160 mil para a de Campina Grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário