segunda-feira, 13 de junho de 2016

Rio Grande do Norte passa a reproduzir ostras nativas em laboratório

foto:Moraes Neto
Unidade está cultivando 60 mil sementes de ostras na Lagoa de Guaraíras

Pioneirismo potiguar
Montada no município de Tibau do Sul, unidade de pesquisa acompanha o desenvolvimento, em escala comercial, de sementes de ostras de espécie nativa reproduzidas artificialmente.
Com isso, O Rio Grande do Norte se torna o primeiro estado brasileiro a produzir em escala comercial essa espécie, com sustentabilidade e sem reduzir os estoques nativos que já estão escassos no estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário