segunda-feira, 13 de junho de 2016

PF vê indício de que o presidente do DEM lavou dinheiro da OAS


Ufa!!!!
Dessa vez o senador José Agripino está nas páginas nacionais como um dos favorecidos pela empresa OAS. 
Relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) atribui ao presidente do DEM, senador José Agripino (RN), a realização de movimentações financeiras consideradas suspeitas no valor de R$ 15,9 milhões, entre dezembro de 2011 e novembro de 2014.
A informação integra o inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o parlamentar que apura se ele recebeu propina da OAS, investigada na Lava Jato, em troca da liberação de recursos para a empreiteira na construção da Arena das Dunas, em Natal, para a Copa de 2014. A obra foi financiada com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 
Segundo o jornal O Globo, a Polícia Federal vê indícios de que o senador utilizou parentes, assessores e empresas com as quais tem ligação para lavar dinheiro.
O senador nega. Diz que declarou a justiça eleitoral todos os repasses que recebeu da OAS na campanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário