quarta-feira, 8 de junho de 2016

PSB questiona normas que limitam doação de sangue por homossexuais

O PSB está questionando no Supremo Tribunal Federal normas do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária determinando que os homens homossexuais são inaptos para a doação de sangue no período de 12 meses a partir da última relação sexual. O partido afirma que a situação é discriminatória, ofende a dignidade dos envolvidos e retira deles a possibilidade de exercer a solidariedade humana com a doação sanguínea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário