terça-feira, 26 de julho de 2016

MP recomenda abate-teto em salários de auditores

O Promotor de Justiça Paulo Batista Lopes Neto recomendou à Secretária Municipal de Administração de Natal, Jandira Borges de Oliveira, que, no prazo de 10 (dez) dias, instaure procedimentos administrativos voltados à implantação do abate-teto constitucional nos salários dos auditores municipais.
Há indícios de que pelo menos 18 auditores estejam recebendo remuneração superior a R$ 20.000,00 (salário do prefeito) o que, na visão do promotor, é ilegal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário