sábado, 30 de julho de 2016

Para conter atentados do ano passado, governo recebeu apoio da Força Nacional

No dia 16 de março de 2015, dois meses após o governador Robinson Faria assumir o governo do RN, a população de Natal enfrentava uma onda de ataques semelhantes aos desta sexta e sábado.
Com algumas diferenças.
Duraram 24 horas, foram restritos a Natal, dois ônibus foram queimados, o governo estadual solicitou apoio da Força Nacional e o secretário de Justiça e Cidadania, Zaidem Heronildes da Silva Filho apresentou seu pedido de demissão.
Desta feita, as estatísticas são bem superiores e o governo não terá o apoio da Força Nacional de Segurança, uma vez que praticamente todo o efetivo está ocupado com a proteção aos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário