terça-feira, 26 de julho de 2016

PF indicia Paulo Bernardo por organização criminosa e corrupção

A Polícia Federal indiciou por corrupção passiva e participação em organização criminosa o ex-ministro do Planejamento do governo Lula, Paulo Bernardo.
Bernardo chegou a ser preso no dia 23 de junho na Operação Custo Brasil, que investiga suposto desvio de R$ 100 milhões de empréstimos consignados entre os anos de 2010 e 2015. 
Agora, o inquérito da PF vai ser analisado pelo Ministério Público Federal que decidirá se denuncia ou não o ex-ministro e outros envolvidos na Custo Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário