sexta-feira, 8 de julho de 2016

Presidente da CNI defende mudanças na Previdência e jornada de trabalho de 80 horas

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
O presidente em exercício Michel Temer esteve reunido nesta sexta-feira, 08, com empresários na Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Durante o encontro, o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, disse que, para o governo melhorar a situação do déficit fiscal, serão necessárias "mudanças duras" tanto na Previdência Social quanto nas leis trabalhistas.
Ele chegou a sugerir que o Brasil adote mudanças semelhantes às do governo francês, que autorizou uma carga horária de até 80 horas semanais e de 12 horas diárias para os trabalhadores.
Temer deixou o evento sem falar com a imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário