terça-feira, 12 de julho de 2016

RENNER vai capacitar mulheres refugiadas

Oportunidade
A rede varejista de fast-fashion Renner vai colocar mulheres refugiadas no Brasil para costurar. A ideia por trás desta ação é capacitar essas mulheres sofridas a fim de empoderá-las.

As mulheres vindas de Angola, Congo, África do Sul e Nigéria vão poder participar da primeira turma da Escola de Costura para Refugiadas do Instituto Lojas Renner, que será realizada pelo Centro São José, em São Paulo.
Fonte:Portal no varejo

Nenhum comentário:

Postar um comentário