terça-feira, 30 de agosto de 2016

EUA oferecem US$ 3 milhões de recompensa por terrorista

Cabeça a prêmio
O Estados Unidos ofereceram nesta terça-feira três milhões de dólares como recompensa por informações que levem à captura de um ex-militar do Tadjiquistão, treinado em Washington, que desertou e se uniu ao grupo Estado Islâmico (EI).

Gulmurod Khalimov, de 41 anos, é ex-coronel da unidade policial especializada do Ministério do Interior do Tadjiquistão.

O militar cumpriu entre 2003 e 2014 cinco etapas do treinamento nos Estados Unidos e no Tadjiquistão, financiado pelo programa antiterrorista do Departamento de Estado, segundo funcionários americanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário