terça-feira, 2 de agosto de 2016

Ministro do Trabalho diz que nenhum direito trabalhista será retirado

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse em audiência pública nesta terça-feira (2) no Senado que nenhum direito dos trabalhadores será retirado na reforma trabalhista que o governo vai propor.

Os senadores Paulo Rocha (PT-PA), Paulo Paim (PT-RS), Regina Sousa (PT-PI) fizeram críticas aos temas que estão tramitando no Congresso, como os projetos da terceirização, do negociado sobre o legislado, do trabalho escravo e a reforma da previdência.

— Não há nenhuma hipótese de nenhum direito do trabalhador ser subtraído. Não há nenhuma hipótese de parcelamento de décimo terceiro; não há nenhuma hipótese de fatiamento de férias; não há nenhuma hipótese do fundo de garantia do trabalhador ou abono que ele tenha direito, que sejam revogados. Isso não vai acontecer. O trabalhador terá a garantia de que seus direitos serão preservados — destacou o ministro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário