segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Em Nova York, Temer diz que Brasil está engajado em reassentamento de refugiados

O presidente Michel Temer está em Nova York participando da Sessão de Abertura da Reunião de Alto Nível sobre Grandes Movimentos de Refugiados e Migrantes.
Ao discursar, Temer disse que "as imagens de infâncias abreviadas pelo conflito e pelo terror comovem o mundo. Vidas perdidas na busca da sobrevivência em outras terras nos instam à reflexão – e, sobretudo, à ação".
Temer disse que O Brasil é um país que se ergueu com a força de milhões de pessoas de todos os continentes. Valorizamos nossa diversidade e que somente a solução negociada de crises políticas e um desenvolvimento que seja para todos prevenirão o deslocamento forçado.
Ao falar de números, o presidente cometeu um erro. 
Disse Temer que o país recebeu 95 mil refugiados incluindo, erroneamente, o número de haitianos que entraram no país.
Acontece que a convenção internacional sobre o tema reconhece como refugiados apenas os cidadãos que deixaram seus países devido a perseguição racial, religiosa, política ou social.
Se forem retirados os haitianos que deixaram seu país em função de desastre natural, o número cai para 8800 pessoas.
Atualizado às 15:39

Nenhum comentário:

Postar um comentário