terça-feira, 13 de setembro de 2016

Samba do crioulo doido

Em tempo:
Cunha cassado. Cármen Lúcia toma posse. Renan ao lado de Janot na posse. Lula na plateia. Caetano Veloso cantando pra todo mundo. Marcos Valério depondo para Moro. Enfim, parafraseando Machado de Assis (que, aliás, faria um excelente conto com estas cenas) : mudou o Brasil, ou mudamos nós.
(Migalhas)

Vai que é sua, torcida
A ministra Cármen Lúcia, cumprimentando o "cidadão" como autoridade máxima, deu o tom de sua pauta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário