quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Médicos, do estado e do município, vão à greve em busca do salários em atraso


Trabalhou, quer receber

Mais problemas para Robinson e Carlos Eduardo. 
Os médicos do município de Natal e da Saúde Estadual entrar em greve que se inicia amanhã (14) em todas as unidades de saúde.

A greve, no molde Operação Padrão, vai perdurar até que os salários do mês de setembro sejam pagos e pode voltar a acontecer no mês de novembro, caso os salários não sejam pagos até o 5º dia útil.

A Operação Padrão funciona com redução do número de profissionais nas urgências e emergências, redução de 50% nos atendimentos ambulatoriais e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) atenderão apenas os pacientes classificados como vermelho ou laranja, os outros pacientes serão encaminhados para as unidades básicas de saúde.

O Sindicato dos Médicos também solicitou a Câmara Municipal de Natal e a Assembleia Legislativa do Estado audiências públicas para tratar o tema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário