terça-feira, 4 de outubro de 2016

MP do ensino médio já recebeu 600 emendas

A Medida Provisória (MP) 746/2016 da reforma no ensino médio recebeu quase 600 emendas de parlamentares desde que chegou ao Congresso Nacional. 
Só de senadores já são quase cem sugestões. 
A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) apresentou 19 emendas. Entre elas, a que retira a possibilidade de pessoas com “notório saber” e sem formação acadêmica específica em curso de nível superior possam lecionar. 
O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) é favorável à ideia do governo, mas defende a exigência de formação específica em disciplinas como matemática e física. 
Os congressistas vão debater o assunto em comissão mista nesta quarta-feira (5).

Nenhum comentário:

Postar um comentário