terça-feira, 1 de novembro de 2016

Ex-líder da Ku Klux Klan apóia candidatura Donald Trump

Um líder da Ku Klux Klan (KKK), organização racista secreta dos Estados Unidos que defende a supremacia branca com ações reacionárias e extremistas, anunciou endosso à candidatura Donald Trump para presidente.
Em um programa de rádio, David Duke, disse que não votar em Trump seria “trair nossa herança”.
No fim de semana, o magnata desconversou sobre o apoio. "Não sei nada sobre David Duke. Nem mesmo sei do que você está falando quando diz supremacistas brancos”, respondeu Trump de cara feia a um repórter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário