quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Procurador diz que acordos de leniência da Lava Jato alcançam "o maior ressarcimento na história mundial"

 
O procurador da República, Deltan Dallagnol, disse nesta quarta-feira, 21, que os acordos de leniência firmados com as empresas envolvidas na Operação Lava Jato alcançaram "o maior ressarcimento na história mundial em acordos dessa espécie".
Ele afirmou em sua conta pessoal no Facebook que a Lava Jato já é o maior caso mundial de corrupção internacional descoberto e pediu ao povo brasileiro que "incentive os políticos a realizarem as reformas política e no sistema de justiça criminal que são necessárias para os índices de corrupção diminuam".

Valores
Duas grandes empresas, Braskem e Odebrecht, já assinaram acordos de leniência bastante expressivos com a força tarefa da Lava Jato.
A Braskem se comprometeu a pagar valor equivalente a R$ 3.131.434.851,37. 
Já a Odebrecht se obrigou a pagar R$ 3.828.000.000,00.
Os valores serão pagos conforme os cronogramas estabelecidos nos acordos.
No caso da Odebrecht,  a “somatória das parcelas do valor global do acordo, após a aplicação de estimativa de projeção de variação da Selic, resulta, ao final, no valor estimado de R$ 8.512.000.000,00, o que corresponde a aproximadamente US$ 2,5 bilhões”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário