quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Senado rejeita recursos e lei das telecomunicações vai à sanção presidencial

Há quem acredite em novo golpe no bolso do povo brasileiro

De origem na Câmara, o texto foi aprovado em decisão terminativa na Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional (CEDN) em 6 de dezembro. Três senadores apresentaram recursos, que foram rejeitados, entre outros motivos, por irregularidades regimentais, como falta de assinaturas necessárias — são exigidas ao menos nove assinaturas de senadores para que uma matéria em decisão terminativa nas comissões técnicas passe por votação final em Plenário.

Há controvérsia na decisão. Senão, vejamos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário