segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Temer decide incluir parlamentares na reforma da Previdência. Militares ficam de fora

O presidente Michel Temer decidiu incluir os parlamentares na reforma da Previdência que será enviada nesta terça-feira (6) ao Congresso Nacional. Os políticos entrarão nas regras gerais, mas terão uma transição diferente, segundo apurou a Folha.

A informação foi divulgada pelo presidente em sua conta no Twitter. "Reforma da #Previdência valerá para todos: desde políticos e servidores públicos a trabalhadores da iniciativa privada", publicou.

Os militares ficarão de fora da proposta de emenda à Constituição e, até a última decisão do presidente, bombeiros e policiais militares também serão poupados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário