sábado, 28 de janeiro de 2017

Trump proibe entrada de refugiados e imigrantes de sete países muçulmanos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cumpriu ontem uma de suas promessas de campanha assinando um decreto que faz mudanças radicais na política de refugiados e imigração norte-americana.
O documento, de sete páginas, pede a suspensão imediata da imigração de países com ligações ao terror, incluindo Síria, Iêmen, Sudão, Somália, Iraque, Irã e Líbia, por um período de 90 dias. Também pede a suspensão completa dos refugiados sírios por um período indefinido.
A Casa Branca disse que o objetivo é proteger a nação dos terroristas que querem entrar no país.
Veja também:Malala Yousafzai, Nobel da Paz de 2014, lamenta decisão de Trump

Nenhum comentário:

Postar um comentário