domingo, 12 de fevereiro de 2017

Russia pode deportar Edward Snowden para os EUA como "presente" para Trump, diz jornal

O ex-funcionário da CIA, Edward Snowden, pode ser enviado de volta aos Estados Unidos como um "presente" para o presidente Donald Trump.
A notícia, da rede NBC News, não trouxe preocupação para o advogado de Snowden que considerou uma "especulação". 
Anatoly Kucherena disse à agência de notícias russa TASS que ele não vê nenhuma razão para a extradição de Snowden. "Essas são especulações, que vêm das fontes dos serviços de inteligência dos EUA", disse.
Segundo Kucherena, Snowden tem autorização de residência na Rússia e cumpre com todas as leis do país.
O presidente Donald Trump disse, no passado, que Snowden era um "traidor total" e um "espião" que deveria ser executado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário