sexta-feira, 31 de março de 2017

Após denúncia de juiz, governo paga tornozeleiras eletrônicas

Após o juiz Henrique Baltazar, da Vara de Execuções Penais, denunciar que 550 presos do sistema semi-aberto estavam sem monitoramento eletrônico por falta de pagamento, o governo do RN emitiu nota à imprensa informando que repassou ontem (30) à empresa Spacecom os valores dos aluguéis das tornozeleiras eletrônicas.
Governo do RN não paga e presos com tornozeleira não são monitorados
Segundo o comunicado, "o serviço já está funcionando normalmente desde as 20h desta quinta-feira (30) e o monitoramento sendo realizado através da secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc)".

Ao todo, o contrato com a Spacecom disponibiliza 625 tornozeleiras eletrônicos para o sistema prisional do Rio Grande do Norte, mas estão ativas 489 unidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário