quarta-feira, 8 de março de 2017

Aspirina pré-histórica encontrada em dentes de Neanderthal

Pesquisadores extraíram DNA e bactérias antigas de mandíbulas de três indivíduos neandertais da Bélgica e Espanha e descreveram os resultados encontrados em um artigo publicado nesta quarta-feira, 08, na revista Nature sob título: "Comportamento, dieta e doenças de Neandertais deduzidos do DNA da placa dental ".
Segundo o trabalho de autoria de cientistas da Austrália, Alemanha e Suíça, os indivíduos belgas comeram uma dieta fortemente baseada em carne, indicada pela presença de DNA de rinoceronte lanoso e ovelhas selvagens. Enquanto isso, o Neanderthal espanhol parecia ter comido principalmente material vegetal, incluindo musgo, pinhões e cogumelos.
No entanto, os achados que mais intrigaram os cientistas mostram que o Neanderthal espanhol sofria de um abscesso dentário, possivelmente causado por uma subespécie da bactéria Methanobrevibacter oralis. O álamo encontrado na amostra provavelmente forneceu ácido salicílico - o ingrediente ativo na aspirina - para o alívio da dor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário