sábado, 11 de março de 2017

Auditores fiscais do RN posicionam-se contrários ao pacote de Robinson

Os Auditores Fiscais do RN decidiram em assembleia geral da categoria no dia 08 de março de 2017, manifestar posição contrária às propostas do Governo do Estado quanto ao congelamento dos gastos públicos por 20 anos e à mudança da política previdenciária, em especial o aumento da contribuição do servidor de 11% para 14 %. 
Para a categoria, a limitação dos gastos do Governo até o valor empenhado no ano anterior, acrescido da inflação, por um período de 20 anos, ocasionará consideráveis prejuízos à sociedade norte-riograndense, pois a desconsiderar no orçamento público o aumento real das receitas, serviços públicos essenciais deixarão de ser ofertados.
Eles também se posicionaram contrários ao aumento da alíquota previdenciária, de 11% para 14% conforme anunciado.
Servidores estaduais do RN vão pagar 14% de contribuição previdenciária
"Posicionaremos sempre contrários a medidas que possam prejudicar a nossa economia e sociedade, em especial aos operadores do serviço público!", diz nota dos auditores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário