segunda-feira, 10 de abril de 2017

Serviços terceirizados podem parar atendimento na saúde do RN


À mercê!!!!

Além do assombro que é viver e sair de casa hoje (10) no Rio Grande do Norte, os médicos que prestam serviços TERCEIRIZADOS ao Estado (as chamadas cooperativas) estão ameaçando parar a partir dessa segunda-feira (10).

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte – CREMERN emitiu nota explicativa justificando a medida extrema, se de fato vier a ocorrer.

Nesse caso, param por tempo indeterminado os serviços do SAMU Metropolitano, Terapia Intensiva (UTI Walfredo Gurgel) e Assistência Materno infantil (Hospital Santa Catarina, de São José de Mipibu e Macaíba), além do serviço de pediatria do Walfredo Gurgel. 

A suspensão no atendimento foi anunciada em nota pela Coopmed-RN por falta de condições de trabalho e inadimplência do pagamento dos profissionais.

Ou seja, o Estado não paga aos médicos terceirizados e eles suspendem o serviço prestado.

É assim que a coisa funciona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário