quinta-feira, 6 de abril de 2017

Transposição tem custo previsto de R$1,9 bi no RN

Audiência
O deputado estadual Fernando Mineiro (PT), que participou da audiência sobre o andamento do projeto de Transposição para o Rio Grande do Norte, defende a união dos parlamentares e da sociedade para que os projetos e os recursos sejam garantidos. 

Prazo
Mineiro informou que, o projeto executivo do Ramal do Apodi está em fase de elaboração e deve ser concluído em 60 dias. Contudo, como não há previsão orçamentária para a obra no Orçamento de 2017, a bancada federal deve indicar emendas individuais e coletivas para o projeto do Ramal do Apodi.

Custo do projeto
O projeto para o RN tem custo previsto de 1,9 bilhões.A previsão é que as águas da transposição cheguem ao RN pelos rios Piranhas-Assú e Apodi-Mossoró.

Comissão nos Estados
O parlamentar sugeriu ainda  que todos os estados envolvidos na conclusão da transposição criem subgrupos de trabalho para monitorar o andamento das obras, através de seus representantes e movimentos sociais.


Carta de Natal
Em reunião coordenada por Mineiro, no último dia 22 de março, data em que se comemora o Dia Mundial da Água, parlamentares do RN e PB, gestores de órgãos do Governo do Estado, representantes da Igreja Católica, entidades empresariais e movimentos sociais assinaram a “Carta de Natal”, endereçada às bancadas federais dos dois estados e ao Ministério da Integração Nacional, cobrando a retomada das obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco.

O documento, 
entregue ao Ministro Hélder Barbalho, elenca um conjunto de providências necessárias para destravar o trecho interrompido do Eixo Norte, que permitirá que as águas de Cabrobró (PE) cheguem ao RN, parte do Sertão da Paraíba e parte do Ceará.
Fotos: Vinícius Ehlers 

Nenhum comentário:

Postar um comentário