segunda-feira, 29 de maio de 2017

Ministério Público pede afastamento do deputado Ricardo Motta

O Ministério Público do RN solicitou ao Tribunal de Justiça o afastamento imediato de Ricardo Motta (PSB) do cargo de deputado estadual.

Os procuradores acusando-o de, entre janeiro de 2013 a dezembro de 2014, ter desviado, em proveito próprio e de terceiros, R$ 19 milhões em prejuízo do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – IDEMA.

Caberá ao desembargador Glauber Rêgo decidir.

Veja ainda: MP denuncia Motta

Nenhum comentário:

Postar um comentário