terça-feira, 30 de maio de 2017

Ministro Fachin divide inquérito de Temer e Aécio Neves no STF

O ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal, responsável pelos processos da Operação Lava Jato, determinou a separação dos processos em tramitação na corte, contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB) e o presidente Michel Temer (PMDB).

Dessa forma, o inquérito de Aécio envolve apenas familiares seus, enquanto o de Temer, a denúncia que o deputado Rodrigo Rocha Loures, por suposto recebimento de propina do empresário da JBS, Joesley Batista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário