quinta-feira, 8 de junho de 2017

Julgamento Chapa Dilma/Temer: relator sob fogo cruzado

Embora ainda não tenha apresentado seu relatório final, está nas preliminares, a orientação do ministro Herman Benjamin sobre a cassação ou não da chapa Dilma/Temer, que embasará o voto dos demais ministros do Superior Tribunal Eleitoral, está sob questionamento e fogo cruzado.
Ministros analisam agora se as delações da empreiteira Odebrecht podem ser usadas no processo. 

A Fase Odebrecht
O ministro Napoleão Nunes Maia Filho questionou se os delatores ouvidos pelo relator falaram a verdade.
"São delatores. Esses delatores puseram em risco informações que comprometessem a delação e as benesses que receberam?".
Eu estava dizendo que essas empresas devem ser investigadas, mas na sede própria, disse Napoleão Nunes.
Os ministros Herman Benjamin, Luiz Fux e Rosa Weber indicaram que podem votar a favor do uso de novas provas. Já Gilmar Mendes, Napoleão Maia, Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira podem votar contra o uso de fatos novos no julgamento.
O desfecho do julgamento, ao que parece, é uma grande incógnita
.
Atualizado às 11:35

Nenhum comentário:

Postar um comentário