segunda-feira, 19 de junho de 2017

PF vê indícios de corrupção em gravações que envolvem Temer

A Polícia Federal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) suas conclusões parciais sobre o inquérito que investiga o presidente Michel Temer e seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures.
Para os investigadores, houve crime de corrupção passiva.
Foram periciadas duas conversas entre o diretor da JBS Ricardo Saud e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures que reforçam os indícios de crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário