terça-feira, 13 de junho de 2017

Sérgio Cabral é condenado a 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem

O juiz Sérgio Moro condenou o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB-RJ), a 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. 
Cabral foi acusado de receber R$ 2,7 milhões da empreiteira Andrade Gutierrez, entre 2007 e 2011, referente as obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), da Petrobrás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário